Tate no Yuusha no Nariagari, apenas mais um Isekai?

Bom, a não ser que você seja um otaku completamente isolado de redes sociais, o que eu duvido muito, você com certeza já ouviu falar de Tate no Yusha, ou o conhecido: “Anime do cara só se F*** nessa vida”. E é justamente sobre isso que vamos falar nesse artigo, será que ele é mesmo tudo isso? Ou é apenas mais um anime genérico de Isekai,

Para começar nossa discussão, quero levantar uma questão para vocês. Por que Tate no Yuusha fez todo esse alvoroço desde de o inicio? Seria o universo? Personagens? Narrativa? ou o famoso fan servece? Bom, sem muita enrolação eu devo disser que é o equilíbrio muito bem definido entre todos esses pontos, aliado a uma produção audiovisual muito bem feita, até o momento, pelo estúdio Kiema Citrus.

Sinopse:  Iwatani Naofumi é invocado a outro mundo pra se tornar um dos quatro heróis, nomeado o Herói do escudo. Começando com uma popularidade fraca e rotulado como o mais fraco, Naofumi se encontra traído no seu terceiro dia de aventura. Tendo perdido a fé e dinheiro, tudo o que sobrou é só aquele escudo. Jurando se vingar de quem o havia traído, o caminho de Naofumi é…

©Crunchyroll

Tate no Yussha consegue nos primeiros 15~20 minutos, prender a sua atenção do seu espectador com maestria, mostrando logo de cara a realidade cruel e injusta daquele novo mundo de fantasia, no qual, nosso protagonista Naofumi começa a passar. Uma realidade cruel e nada acolhedora, como é de praxe de animes desse gênero.

Já que começamos a falar do nosso protagonista, temos que dar os parabéns para a equipe de autores da light novel Yusagi Aneko (escritor) e Seira Minami (Desenhista) pelo trabalho sensacional que fizeram com esse personagem. A criação e desenvolvimento da personalidade do Naofomi e de como ele se comportou perante a essa nova realidade, foram INCRÍVEIS!

De verdade esse, foi uma dos fatores que me fizeram ficar bem interessado nesse anime, e que provavelmente é o mesmo fator que fez grande parte dos espectadores curtirem Tate no Yuusha. Outro fator muito importante a se ressaltar nessa obra e a construção do seu universo, que é bem rico e que permite muita liberdade para o nosso protagonista se desenvolver e crescer nesse mundo.

Respondendo a pergunta que fiz no inicio desse artigo, a resposta é sem duvidas que não! Tate no Yuusha é uma obra que tem características únicas principalmente quando temos esse excelente desenvolvimento de protagonista e do universo da obra como um todo. E você? O que você achou desse anime? Tem algum outro anime que tenha te chamado a atenção nessa temporada? Mande para a gente que vamos ver e fazer a nossa analise!