Anime: Nazo Kanojo X

Estúdio: Hoods Entertainment
Episódios: 13
Período de exibição: 08 de abril de 2012 a 01 de julho de 2012
Classificação Etária: +17
Sinopse: A série segue a relação de Tsubaki Akira e Urabe Mikoto. Urabe é uma estudante transferida que recentemente entrou para a escola de Tsubaki. Urabe é pouco sociável e dorme durante as aulas, essas atitudes fazem com que seus colegas de classe mantenham uma certa distância dela, achando que ela é estranha. Tsubaki descobriu após um tempo que Urabe têm uma habilidade especial. Que habilidade é essa? O que aconteceu com Urabe e Akira? O que será que essa menina tem de tão misterioso?

“Isso é muito bizarro… Pera aí, é sobre isso que o anime falava?”

Demorou um bom tempo para eu assistir esse anime, mas ele me surpreendeu de diversas maneiras. Primeiramente ele não é tudo isso que falam por aí. Ele tem sim um pouco de ecchi, mas não chega nem perto de ser desconfortável. O fato é: A baba assusta mais do que peitos.

Isso mesmo, eu disse “baba” pois esse é o pilar de todo o anime. O mais bizarro é que, quando você entende a alusão, isso não te incomoda mais. E não só isso, a baba aqui tem poderes bem peculiares que torna a trama algo entre a loucura e a comédia romântica.

Enredo: Neste anime vemos, de uma forma totalmente metafórica, a entrada de um garoto na puberdade. Não só isso, como também seu primeiro namoro e quão perturbador pode ser passar por isso sem conhecimento prévio. Logo no primeiro episódio Akira descobre que se apaixonou, e para piorar, isso aconteceu com ele fazendo algo totalmente absurdo e imoral. Ainda pior que isso, a garota por quem ele se apaixonou descobre isso e parece não se importar nem um pouco com ele, mesmo dizendo que irá namorá-lo.

Urabe, a garota, é quase como uma existência superior para Akira e ele não consegue entender nada sobre ela. A cada episódio que passa o relacionamento deles se torna mais forte e mais estranho (como se não pudesse piorar), pois ela consegue “ler” ele como um livro aberto e ele não entende nada sobre ela. Só com uma pequena porção de saliva, a garota consegue dizer quais são os pensamentos e intenções mais profundas do garoto, assim como acessar suas memórias, mas ele nada pode fazer ante Urabe.

Acredite, esse estranho anime é muito mais profundo do que aparenta e tudo nele é feito para gerar incômodo e isso chega a ser interessante, até você perceber, e começar a incomodar com o fato de que algo tão bizarro pode ser tão agradável.

Moral da história: Nazo kanojo X é um anime que me encantou por usar uma direção bem diferente do que estou acostumado. Com uma trilha sonora que passar desconforto e alusões pra lá de absurdas. Usar da saliva para ilustrar a conexão entre duas pessoas foi algo que eu nunca iria imaginar que daria certo, mas funcionou. Todo esse anime passa pelo ponto de vista de Tsubaki Akira e tudo remete à maneira que ele enxerga o mundo. Toda a estranheza sobre o sexo oposto, assim como suas dúvidas e fantasias são mostradas, mas nada de forma direta, sempre mascarada como uma ação maluca.

Conclusão: Vale a pena assistir? Sim, é um dos melhores romances que eu já assisti. Mas leve em consideração que ele não mostra o romance como algo sublime e gracioso, e sim como algo confuso e perturbador, porém com suas belezas. Eu recomendo fortemente que se prepare caso queira assistir a esse anime. Não por conter cenas pesadas ou afins, mas pode ser nojento de mais para algumas pessoas XD