Mangá: Tsubaki-chou Lonely Planet

Volumes: 10(Em andamento)

Arte e História: Mika Yamamori

Sinopse: Oono Fumi é o segundo ano, um estudante do ensino médio pobres. Por causa de dívidas de seu pai, ela expulsa da sua própria casa e tem que confiar em suas próprias conexões para sobreviver. Assim começa sua vida vivendo com o serviço de limpeza e para um escritor.

Dedeco: A princípio, quando comecei a ler Tsubaki-chou Lonely Planet, achei bem clichê. As cenas e ocasiões que ocorrem a princípio são bem típicos de shoujos de romance: a garota tem uma vida solitária e triste, até que um personagem frio começa a conviver com ela por algum motivo e os dois acabam amolecendo um o outro. Não quero dizer com isso que a obra é ruim, caso contrário não veríamos tantas obras que seguem o mesmo princípio. Mas o vínculo que a Yamamori-sensei cria entre o leitor e os personagens é uma coisa muito bacana, por motivo dos personagens serem bem cativantes, fazendo você se colocar no lugar da Fumi-san em diversas situações. Outra coisa que me chamou muita a atenção é o traço desse mangá, que é muito lindo e utiliza muito bem as texturas. Confesso que tenho um fraco por shoujos de romance, mas a obra em si é bem divertida e vale muito a pena a leitura.