Anime: World Trigger

Estúdio: Toei Animation
Episódios: 73
Período de exibição: 05 de outubro de 2014 a 03 de abril de 2016
Sinopse: Em um dia qualquer, na cidade de Mikado, surge uma espécie de portal que traz de outra dimensão criaturas gigantes que são chamadas de “Neighbors”. Seu poder de destruição é devastador, não podendo a tecnologia humana atual lidar com essa invasão; entretanto, em pouco tempo é criada a organização “Border”, que se beneficia da própria tecnologia do mundo dos “Neighbors” para combatê-los. Desde então a população de Mikado, apesar das constantes aparições de portais trazendo essas criaturas, se acostumou com tal cenário graças ao bom trabalho desses agentes.
Quatro anos e meio após o início disso tudo, Osamu Mikumo, um estudante membro da organização Border que prefere manter sua identidade em segredo, vê ser apresentado em sua sala um novo aluno que diz vir de outro país. Ele logo descobre que o garoto, de nome Yuuma Kuga, é na verdade um “Neighbor” humanoide, que veio ao Japão por indicação de seu pai, e esse fato ocasionará uma reviravolta na carreira de Osamu como agente.

“O anime é de comédia, por que o mangá tem tanta ação?”

O que vocês consideram como um bom anime? Pergunto isso pois eu considero este um bom anime, mesmo tendo desagradado muita gente.
World Trigger é um anime de comédia e ação feito pelo estúdio Toei Animation conhecido por diversos animes mundialmente famosos como Dragon Ball e One Piece. Essa editora também é conhecida por suas animações cheia de “falhas” e afins, mas não irei focar muito nisso.

Neste anime somos apresentados a um contexto em que a humanidade é atacada por seres de outras dimensões e aprende a se defender utilizando da tecnologia deles. Até aí nada de mais, até que vemos como isso funciona na prática.

Tudo é muito divertido em World Trigger, até essa premissa é tratada de forma cômica o que torna tudo simples de acompanhar e ao mesmo tempo faz com que não nos importamos com os problemas técnicos da série. Quase nada é levado a sério, então não temos como julgar o quanto tudo faz sentido com o mundo real. Fazendo isso garanto que vão se divertir.

Sobre a animação, eu venho tomado uma política mais aberta com esse aspectos. Não me incomoda tanto ver personagens retorcidos, até porque para perceber isso, precisa prestar muita atenção, e essa não é a premissa deste anime. Só aperte o play e se delicie com muita ação e uma comédia que funciona.

Outro ponto que gostei muito em World Trigger foram os personagens. Eles são muito carismáticos e diversificados. Nas batalhas eles funcionam muito bem e cada um tem sua característica chave. Fora isso as batalhas são muito bem elaboradas e focam muito na tática e não muito no combate, outro diferencial que eu gostei muito.

Sobre o mangá: Atualmente o mangá se encontra em hiato e sem previsão de retorno, porém eu ainda tenho esperanças. No mangá há muito mais foco na história e os combates são mais táticos ainda o que combina bem com uma mídia sem tanto movimento. Além disso, ele é cômico, mas não tanto como o anime que é quase infantil.

Conclusão: Se vocês querem assistir um anime para se divertirem, essa é uma ótima recomendação, porém não garanto que você vai gostar caso seu foco seja efeitos visuais ou um enredo muito elaborado. Eu recomendo que assistam, mas fica esses critérios ^^