Filme: Hadashi no Gen (Gen Pés Descalços)

Duração: 1 hora e 23 minutos
Classificação: 13+
Estúdio: Madhouse
Ano de exibição: 1983
Diretor: Masaki Mori
Sinopse: Gen e sua família vivem em Hiroshima, perto do final da Segunda Grande Guerra. Enquanto o pai de Gen sofre com a ira e o desprezo dos militares e vizinhos por achar que é impossível uma vitória japonesa, sua família sofre com a escassez de alimentos. Mas nada disso terá qualquer importância diante da nova e terrível arma que o exército americano pretende lançar sobre o país.

Evandr0: Prepare seu coração e seu estômago para assistir à este filme.

De todos os animes que eu já assisti, nenhum foi tão impactante como esse, pois enquanto eu me emocionava com o enredo de uns, com o visual de outros ou até me impressionava com alguma questão técnica de alguns, Gen Pés Descalços vem jogar uma triste realidade na sua frente, sem qualquer preparação ou aviso, te deixando lidar sozinho com esse terror que ocorreu no mundo real. Não poder fazer nada para ajudar é a parte mais difícil de assistir à esse filme.

Direção: Baseado no manga de mesmo nome feito por Nakazawa Keiji, Hadashi no Gen é um filme muito conhecido e de grande renome, mas certamente isso não é por causa de sua direção. Por mais que eu ache que foi uma boa escolha eles tornarem os acontecimento mais corridos e não te dar pausa para digerir tudo que acontece no filme (acredite, a cada take, a situação piora), isso torna o filme um pouco confuso. Não temos tempo de criar empatia com os personagens, sendo que o único que você consegue se associar (um pouco aliás) é o próprio Gen.

Personagens e Enredo: O enredo da trama é pesado e triste, mas sempre mostrando os momentos de alegria e esperança que os personagens tem. Gen e sua família parecem não se encaixar à tudo que ocorre ao redor, pois eles tentam seguir de cabeça erguida em tudo e esse é o ponto forte da animação. Claramente esse é um filme que tenta mostrar a esperança em meio as diversidades e consegue, mesmo mostrando que tudo pode piorar sempre, das formas mais dolorosas possíveis.

Direção de Arte: Na parte visual, ele está em um nível aceitável se levarmos em consideração que ele tem 35 anos. Tudo foi desenhado à mão aos moldes dos mangás da época, então pode ser que algumas pessoas não gostem.

Conclusão: Pode ser que o visual te desmotive a assistir à esse filme, mas se você quer ter um pequeno vislumbre do que foi a explosão das bombas atômicas no japão, este filme certamente é a melhor opção. Filmes como esse nos instigam a repensar nossas vidas e nossos conceitos, além de mostrar o quão terrível pode ser uma guerra.