Primeiras Impressões: Captain Tsubasa 2018 (Super Campeões)

A temporada de primavera está com tudo. Confesso que estava receoso em assistir esse anime, pois eu venho me decepcionando muito com os remakes dos animes que eu gostava quando era criança, mas me surpreendi com o primeiro episódio dessa versão de 2018. Desde Fullmetal Alchemist Brotherhood eu não fico tão empolgado com um remake, o visual está lindo, a sonorização, os personagens e até o estilo do original foi mantido.

Assim como as outras versões, nessa ele mantém um estilo de design simplista o que combina bem com a série. Uma das coisas que mais cativou o público nos anos 90 foi o exagero nas execuções de dribles e chutes que mais pareciam poderes especiais, e isso foi mantido, só que com um apelo visual um pouco maior, mas não me incomodei com isso. Super Campeões sempre foi um anime para um público mais novo e feito para diversão, porém ele era tão divertido que cativou pessoas de todas as idades e creio que será assim com a versão de 2018 também. Agora é esperar que continuem com essa qualidade até o fim.

Sinopse: Remake do renomado anime de mesmo nome conhecido no Brasil como Super Campeões. Captain Tsubasa conta a história de Tsubasa Oozora, um garoto de 11 anos que tem um grande talento pelo futebol e é reconhecido pelo seu técnico, e ex-jogador brasileiro, Roberto Hongo, que decide levar Tsubasa para o Brasil e treiná-lo para a Copa do Mundo.

Imagens do episódio: