Primeiras Impressões: MEGALOBOX

Minha primeira impressão sobre MEGALOBOX foi a melhor possível. Talvez porque eu cresci assistindo shounens dos anos 90 ou porque eu sou um fã de assumido de Hajime no Ippo, esse anime me chamou muita atenção. Com um visual que lembra a animação dos clássicos como Akira ou Cowboy Bebop, o primeiro episódio de MEGALOBOX me surpreendeu por sua estética robusta e simplista ao mesmo tempo, além de um enredo típico dos animes shounens das antigas.

Se você não gosta dos temas clichês, provavelmente irá se incomodar com esse anime, pois a proposta dele é ser um anime que se desenvolve na ação, usando do tema “bem vs mau” e da saga do herói. Além da ação, a estética do anime parece uma fusão de Mad Max com Blade Runner, num contraste futurístico e desértico fazendo a separação entre os pobres e os ricos. em só um episódio já da para perceber que será um anime com muita ação e terá o esporte como ponto central.

Uma coisa interessante é que esse anime surgiu como uma homenagem ao grande clássico Ashita no Joe e provavelmente irá cumprir bem o seu papel de continuar o legado desse que, para muitos, é o melhor anime de boxe e para alguns do estilo shounen como um todo. Pelo que vi até agora, certamente vale a pena assistir.

Sinopse: Uma cidade miserável em meio a uma terra desolada. Uma motocicleta acelera furiosamente, levantando nuvens de areia e pó. Seu piloto é o protagonista desta história, um sujeito sem nome e sem passado.
Tudo que ele tem é seu nome de lutador – Junk Dog – e uma técnica que desenvolveu com seu parceiro Gansaku Nanbu para armar lutas de MEGALOBOX, seu sustento do dia-a-dia.
Embora extremamente habilidoso, ele não está incomodado o bastante para mudar de vida, mas também não está satisfeito com sua situação atual.
JD está entediado, resignado, desgostoso. Ele vive frustrado em uma vida às sombras da fama.
Enquanto isso, sob o sol brilha Yukiko Shirato, herdeira da Shirato Konzern – a família dominante da elite. Para avançar sua carreira, Yukiko decide usar MEGALOBOX para organizar um grande evento: MEGALONIA, um torneio para coroar o campeão do MEGALOBOX. Sua intenção é que o MEGALOBOX Yuri, sob contrato com ela, vença e torne-se campeão para promover os equipamentos da marca Shirato e aquecer os negócios. Campeão vigente de MEGALOBOX há alguns anos, Yuri é movido por uma forte autodisciplina e vontade própria de treinar, além de possuir a técnica e a presença de um verdadeiro campeão. O homem é um exemplo claro de virtuosidade.
Esta é a história de JD e seu rival, Yuri. Uma história acelerada sobre o encontro entre sombras e luz, que começa quando seus caminhos se cruzam.

Imagens do episódio: