Artigo: Primeiras impressões – Card Captors Sakura – Clear Card-hen

Uma continuação que não traz apenas o sentimento de nostalgia. Sakura Card Captors teve seu retorno triunfal na temporada de Inverno 2018 após 18 anos do fim do anime original. Após o final do anime clássico, temos o início dessa nova saga onde temos uma Sakura um pouco mais velha e experiente, juntamente com o Syaoran, que volta para Tomoeda, e a Tomoyo. O primeiro episódio nos traz um mix de sentimentos muito grande. Temos o relacionamento da Sakura e do Syaoran cada vez mais fofo e lindo de se ver, temos uma nova Sakura em uma fase diferente da vida dela, temos vários personagens que nos trazem o sentimento de nostalgia e temos também a grandiosa abertura de Platinum como uma música introdutória.

O novo anime de Sakura segue a mesma proposta do anime antigo, o que não o torna ruim. Sempre temos a mesma “rotina”, onde a Sakura descobre uma carta nova, a captura e temos um desenvolver da trama de modo geral. Essa fórmula, para mim, funciona muito bem e não deixa o anime enjoativo ou algo do gênero.

Em quesito animação, tudo foi remodelado para uma animação mais atual, não fugindo do character design original, o que é muito legal por parte da MadHouse. A trilha sonora também está sensacional, te inserindo dentro do anime e fazendo você se sentir uma criança no fim dos anos 90, assistindo as aventuras da pequena Sakura na frente da televisão.

Recomendo muito que assistam o novo anime de Sakura, uma vez que ele está disponível oficialmente pela Crunchyroll.PT.

Sinopse:  Sakura, de 14 anos, começa a escola secundária ao longo de seus amigos, incluindo Syaoran, quem acabava de voltar para Tomoeda. Depois de ter um sonho com uma misteriosa figura em camadas, todas as cartas de Sakura ficam em branco e ficam impotentes, então ela começa sua busca para descobrir o que está errado. Ao fazê-lo, Sakura e seus aliados descobrem e capturam novos cartões transparentes usando uma nova chave.

Imagens do anime: