Anime: Sousei no Aquarion (Series)

 

Sousei no Aquarion

Diretor: Shoji Kawamori

Studio: Satelight

Numero de Episódios: 26

Período de Exibição: 4 de abril de 2005 –

28 de setembro de 2005.

 

Aquarion Evol:

Diretor: Shoji Kawamori e Yūsuke Yamamoto

Roteiro: Mari Okada

Numero de Episódios: 26

Período de Exibição: 8 de janeiro de 2012 –

28 de junho de 2012

Importante: O anime tem uma “continuação” que se chama Aquarion Evol . Neste anime, se passaram 12.000 anos da história original. A nova história conta com novos personagens e uma nova história, que é na minha opinião ate melhor que a primeira temporada. Eu apenas não recomendo para vocês a terceira fase da obra que seria o Aquarion Logos, que sinceramente estragou a franquia.  Lembrando que cada história é independente uma da outra, ou seja, podem ser vistas independentemente da anterior. 

Sinopse: Os Anjos Caídos voltaram a atacar a humanidade após 12.000 anos de confinamento. Seu objetivo é recolher “Prana” (energia vital) para que possam renascer completamente outra vez. Há 12.000 anos atrás, um Anjo traiu seus companheiros e lutou contra eles. Aquele que se tornou uma lenda e o herói da humanidade é Apolonius, o “Asas de Sol”. Atualmente, novamente sob ameaça dos Anjos Caídos, os homens buscam por aquele que possa ser a reencarnação de Apolonius, pois mesmo com as lendárias armas “Aquarion”, sabem que as chances de vitórias são pequenas, A continuação  é chamada de Aquarion Evol passará 12000 anos após a primeira série de televisão Aquarion em um cidade feita aos moldes de Hong Kong. Um novo elenco de personagens, pilotado um novo robô Aquarion, irá lutar contra inimigos de outra dimensão. Kawamori insinuou que os personagens podem ser reencarnações de Apollo, Silvia e outros personagens da primeira série.

 

Eu não era muito fã de animes do gênero mecha no passado, porém alguns animes como Neon Genesis Evangelion e Tengen Toppa Gurren Lagann me fizeram dar uma chance para esse estilo de anime. Aquarion no Evol tem uma boa história e personagens que são ate certo ponto bem explorados, principalmente nas sequências do anime. O estúdio responsável, satelight,  já tem experiências com anime do gênero, produzindo bons títulos como: Basquash, Macros, Muv-Luv Alternative e Nobunaga the Fool. Eu realmente recomendo esse anime.