Anime: Fullmetal Alchemist Brotherhood

Diretor: Seiji Mizushima

Versões: 2

1°Anime Full Metal Alchemist

Remake: Full Metal Alchemist Brotherhood

Número de Episódios:

1º Anime: 51

Remake 64

 

Importante: A diferença entre o FMA e o FMA Brotherhood é que um segue completamente o mangá (brotherhood) e o outro a partir de certa parte é original do estúdio, que não tinha material para fazer o final do primeiro anime.

 

Sinopse: Depois de perderem sua mãe, Alphonse e Edward Elric tentam trazê-la de volta usando uma técnica de alquimia proibida. Contudo, o princípio básico da alquimia é a ‘troca equivalente’, e tentar ressuscitar alguém custa muito alto. Ed perde sua perna, e Al perde seu corpo. Ed consegue selar a alma de Al dentro de uma grande armadura metálica, dando em troca seu braço. Anos depois, Ed (com dois membros de metal) e Al (ainda preso na armadura) deixam a sua cidade natal. Ed, que possui um talento nato para a alquimia, se torna um alquimista com certificado nacional, e logo passa a ser chamado de ‘full metal alchemist’. Mas o verdadeiro objetivo dos irmãos é encontrar a pedra filosofal, na esperança de recuperarem os seus corpos originais.

Opinião do autor: FullMetal Alchemist Brotherhood é simplesmente uma obra prima dos animes. Produzido pelo estúdio Bones nos anos de 2009 (FMAB), contou com 64 episódios e foi um marco para sua época. O anime fez tanto sucesso que é referência até hoje no seu gênero. FMA tem uma vasta gama de personagens e todos eles são muito bem trabalhados e tem sua importância dentro da história. O fator que mais me surpreende nesse anime é como a obra se desenvolve e se finaliza. O desenvolvimento da história e dos personagens são realmente incríveis a autora conseguiu desenvolver seus personagens e a história de uma maneira única. Além disso, temos um final que é completamente fechado, ou seja, sem pontas soltas e furos de roteiro. Em síntese, FMAB é uma obra quase que perfeita, e com toda a certeza vai continuar sendo uma referência por muito tempo.