Filme: Akira

Diretor: Katsuhiro Otomo

Roteiro: Katsuhiro Otomo e Izo Hashimoto

Estúdio: Tokyo Movie Shinsha

Duração: 124 minutos ( 2 horas e 4 minutos)

Lançamento: 16 de julho 1988

Sinopse: Uma grande explosão fez com que Tóquio fosse destruída em 1988. Em seu lugar foi construída Neo Tóquio, que, em 2019, sofre com atentados terroristas por toda a cidade. Kaneda (Mitsuo Iwata) e Tetsuo (Nozomu Sasaki) são amigos que integram uma gangue de motoqueiros. Eles disputam rachas violentos com uma gangue rival, os Palhaços, até que um dia Tetsuo encontra Takashi (Tatsuhiko Nakamura), uma estranha criança com poderes que fugiu do hospital onde era mantido como cobaia. Tetsuo é ferido no encontro e antes de receber a ajuda dos amigos é levado por integrantes do exército, liderados pelo coronel Shikishima (Tarô Ishida). A partir de então Tetsuo passa a desenvolver poderes inimagináveis, o que faz com que seja comparado ao lendário Akira, responsável pela explosão de 1988. Paralelamente, Kaneda se interessa por Kei (Mami Koyama), uma garota envolvida com espiões que tenta decifrar o enigma por trás das cobaias controladas pelo exército.


TioLaranja: Uma obra incrível! Prova que animes/filmes antigos são tão bons quanto os atuais ou até mesmo melhores. Akira é simplesmente incrível pela época que foi feito, a obra é do estilo Cyberpunk, uma coisa bem comum na época , então, nem todos vão se agradar com Akira, mas, para mim é uma obra que merece ser assistida, por mais estranha que possa parecer. Eu recomendo Akira.