Anime: Hyouka

 

 

Diretor: Yasuhiro Takemoto.

Estúdio: Kyoto Animation

Roteiro: Shoji Gatoh e Emily Neves

Numero de Episódios: 22

Período de exibição: 22 de abril de 2012- 16 de Setembro de  2012.

Sinopse: A história gira em torno de Oriki Hotaro, um garoto do ensino médio que sempre age de forma passiva. Um dia, ele entra na “Koten Bu” (Clube de Literatura Clássica), recomendado pela sua irmã mais velha. Lá ele encontra Eru Chitanda, Satoshi Fukube e Mayaka Ibara. Chitanda é uma garota linda e calma, mas que se transforma em uma encarnação de curiosidade, uma vez que ela diz “Watashi, Kininarimasu”. (Eu, estou interessada). Fukube é um menino sorridente que se destaca pela sua memória, mas que nunca constrói sua própria dedução. Ibara é uma menina rigorosa com os outros e com ela mesma. Ela ama Fukube, mas ele sempre se esquiva quando ela se aproxima. Eles começam a investigar um caso ocorrido há 33 anos. Dicas deste mistério é enterrado em uma obra antiga coletada pelos ex-membros do Koten Bu. A coleção é intitulada Hyouka.

Opinião do autor: Uma obra de arte. Se precisa-se definir Hyouka em poucas palavras seriam essas que eu usaria.  Essa é uma obra da Kyoto Animation baseado em uma novel, muito elogiada por sinal, e que foi lançado no ano de 2012. A primeira coisa que chamou muito a minha atenção foi a excelente qualidade da animação do anime, serio foi muito bonito de acompanhar o trabalho que foi feito nele. Os personagens são muito bem trabalhados e cada um tem sua importância na história com toda a certeza foram um diferencial dessa obra. O anime conta as histórias do clube de literatura clássica, girando principalmente em torno do jovem Oriki Hotaro e a bela Chitanda Eru (como não se apaixonar por ela). Hyouka é uma obra muito poética e me fez muito querer ler as novels, é realmente uma pena que elas sejam de acesso muito limitado.